Faculdade de Ciências
Farmacêuticas de Ribeirão Preto

Universidade de São Paulo

IDIOMAS: | INTRANET

COLASTRINA - NOTA DE ESCLARECIMENTO

Gostaríamos de esclarecer que não conhecemos o produto colastrina e nem a pesquisa que está sendo divulgada sobre a colastrina na mídia. 
O produto divulgado “Colastrina” nunca foi testado na Universidade de São Paulo - Campus de Ribeirão Preto.

Realizamos no passado estudos clínicos de eficácia na melhora da hidratação e elasticidade da pele do rosto envolvendo nutricosméticos a base de colágeno hidrolisado e vitaminas, cujos resultados foram publicados em periódicos internacionais, como por exemplo o artigo: An Oral Supplementation Based on Hydrolyzed Collagen and Vitamins Improves Skin Elasticity and Dermis Echogenicity: A Clinical Placebo-Controlled Study, publicado na Clinical Pharmacology & Biopharmaceutics

A empresa responsável pelo produto “Colastrina” não pediu autorização para o uso de trechos de reportagem anterior divulgada na mídia e que não tem nenhuma relação com o referido produto. A empresa inseriu uma imagem do produto colastrina no meio da reportagem realizada em laboratório da USP. Reiteramos que desconhecemos a composição, local de venda ou efeitos do mesmo.

A entrevista que estão usando para divulgar o tal produto está totalmente fora de contexto, uma vez que foi realizada por pesquisadores da USP Rib Preto apenas para conhecimento da população sobre as técnicas empregadas em estudos de eficácia de cosméticos, dermocosméticos e nutricosméticos, NUNCA para produtos comerciais.

Por fim, caso haja interesse, informamos que publicamos também a seguinte matéria no Jornal da USP: Suplemento de hidrolisado de colágeno melhora firmeza e elasticidade da pele, mostra pesquisa.

Sempre primando pela divulgação de informações com embasamento científico para a população, nos colocamos à disposição para quaisquer esclarecimentos.

Profa.Dra. Patrícia Maria Berardo Gonçalves Maia Campos