Faculdade de Ciências
Farmacêuticas de Ribeirão Preto

Universidade de São Paulo

IDIOMAS: | INTRANET

Setor de Hematologia

Técnico de Laboratório

Ana Paula Zueli Barião

Tel: +55 16 3315-4269
Email: paulazu@fcfrp.usp.br

EXAMES REALIZADOS

Hemograma

PREPARO DO PACIENTE:
Jejum: 4 horas.

TIPO DE AMOSTRA:
Sangue total – 5 mL.

MÉTODO:
Automação.

APLICAÇÕES CLÍNICAS:
Avaliação quantitativa e qualitativa dos elementos sanguíneos nas doenças hematológicas tais como: anemias, reações infecciosas, neoplasias hematológicas, bem como, patologias congênitas e adquiridas das plaquetas. Auxílio diagnóstico nas doenças sistêmicas tais como: parasitoses, intoxicações e inflamações.

Hematimetria

PREPARO DO PACIENTE:
Jejum: 4 horas.

TIPO DE AMOSTRA:
Sangue total – 5 mL.

MÉTODO:
Automação.

APLICAÇÕES CLÍNICAS:
Avaliação e diagnóstico das anemias. Muito útil também, no acompanhamento da terapêutica medicamentosa dos estados anêmicos.

Tipagem Sanguínea / Pesquisa Da Variante Du:

PREPARO DO PACIENTE:
Jejum: não.

TIPO DE AMOSTRA:
Sangue total.

MÉTODO:
Tipagem direta e reversa em tubo/hemaglutinação.

APLICAÇÃO CLÍNICA:
Determinação do grupo sanguíneo e fator Rh do indivíduo, em relação aos principais antígenos eritrocitários.

VHS (Velocidade de Hemossedimentação)

PREPARO DO PACIENTE:
Jejum: 4 horas.

TIPO DE AMOSTRA:
Material: sangue total – 3 mL.

MÉTODO:
Westergreen.

VALORES DE REFERÊNCIA:
zero a 25 mm – 1ª hora.

APLICAÇÕES CLÍNICAS:
Medida não específica, porém clinicamente útil para a avaliação do aumento da produção de proteínas de fase aguda. Valores elevados são encontrados nas doenças inflamatórias, linfomas, tuberculose e infarto agudo do miocárdio.

Eletroforese de Hemoglobina

PREPARO DO PACIENTE:
Jejum: 4 horas.

TIPO DE AMOSTRA:
Sangue total.

MÉTODO:
Acetato de celulose (qualitativo e quantitativo).

APLICAÇÕES CLÍNICAS:
Diagnóstico das anemias hemolíticas (hemoglobinopatias e talassemias).

Tempo de Tromboplastina - Ativada (TTPA)

PREPARO DO PACIENTE:
Jejum: 4 horas.

TIPO DE AMOSTRA:
Plasma citratado – 5 mL.

MÉTODO:
Coagulômetro.

VALOR DE REFERÊNCIA:
até 10 segundos acima do plasma controle.

APLICAÇÕES CLÍNICAS:
Avaliação da hemostasia (via intrínseca), monitoramento terapêutico da anticoagulação com heparina, hemofilias A e B, CIVD, hipofibrinogenemia e defeitos dos fatores que compõem a via intrínseca.

Tempo de Protombina - TP/INR

PREPARO DO PACIENTE:
Jejum: 4 horas.

TIPO DE AMOSTRA:
Plasma citratado – 5 mL.

MÉTODO:
Coagulômetro.

VALOR DE REFERÊNCIA:
70 a 100% / INR: aproximadamente 1,0.

APLICAÇÕES CLÍNICAS:
Avaliação da hemostasia (via extrínseca), monitoramento da terapia com anticoagulantes orais, doenças hepáticas, deficiência de vitamina K, CIVD (coagulação intravascular disseminada) e defeitos dos fatores que compõem a via extrínseca. O INR (International Normalised Ratio) é a relação do valor do TP do paciente e o valor de um “pool” normal, elevado ao ISI.

Reticulócitos

PREPARO DO PACIENTE:
Jejum: 4 horas.

TIPO DE AMOSTRA:
Sangue total.

MÉTODO: Azul de cresil brilhante.

VALOR DE REFERÊNCIA:
0,5 a 1,5% ou 22.000 ou 84.000/mm3 .

APLICAÇÕES CLÍNICAS:
Avaliação da atividade eritropoiética e monitoramento terapêutico das anemias.

Teste de Falcização

PREPARO DO PACIENTE:
Jejum: 4 horas.

TIPO DE AMOSTRA:
Sangue total.

MÉTODO:
metabissulfito de sódio (agente redutor).

VALOR DE REFERÊNCIA:
negativo.

APLICAÇÕES CLÍNICAS:
Teste confirmatório da presença da hemoglobina anômala S em heterozigoze ou homozigoze, geralmente associada à doença falciforme.

Coagulograma

PREPARO DO PACIENTE:
Jejum: 4 horas.

TIPO DE AMOSTRA:
Sangue total e plasma citratado

MÉTODO:
coagulômetro.

APLICAÇÕES CLÍNICAS:
O coagulograma é composto pelas provas de hemostasia: tempo de sangramento, tempo de coagulação, retração do coágulo, contagem de plaquetas, tempo de protombina e tempo de tromboplastina parcial ativada. É comumente solicitado para avaliação pré-operatória.

Contagem de plaquetas

PREPARO DO PACIENTE:
Jejum: 4 horas.

TIPO DE AMOSTRA:
Sangue total

MÉTODO:
automação

Hemoglobina - Hematócrito

PREPARO DO PACIENTE:
Jejum: 4 horas.

TIPO DE AMOSTRA:
Sangue total

MÉTODO:
automação

APLICAÇÕES CLÍNICAS:
Geralmente utilizado para controle da terapêutica medicamentosa nas anemias

Retração do Coágulo

PREPARO DO PACIENTE:
Jejum: não.

TIPO DE AMOSTRA:
Sangue total sem anticoagulante.

MÉTODO:
Mac-Farlane modificado.

VALOR DE REFERÊNCIA:
normal dentro de 4 horas.

APLICAÇÕES CLÍNICAS:
Avaliação dependente do número e atividade funcional das plaquetas. A retração encontra-se reduzida nas plaquetopenias graves, na doença de Von Willebrand , na hiperfibrinogenemia e praticamente nula na Trombastenia de Glanzmann.

Tempo de Coagulação

PREPARO DO PACIENTE:
Jejum: não.

TIPO DE AMOSTRA:
Sangue total sem anticoagulante.

MÉTODO:
Lee-White.

VALOR DE REFERÊNCIA:
menor que 10 minutos.

APLICAÇÕES CLÍNICAS:
Medida pouco sensível, porém permite avaliar a via intrínseca da coagulação. Valores aumentados são encontrados nas deficiências de fatores da coagulação e no uso de anticoagulantes.

Tempo de Sangramento

PREPARO DO PACIENTE:
Jejum: não.

MÉTODO:
Duke.

VALORES DE REFERÊNCIA:
menor que 5 minutos.

APLICAÇÕES CLÍNICAS:
Avaliação de alterações vasculares e quantitativa/qualitativa das plaquetas.

Coombs direto

PREPARO DO PACIENTE:
Jejum: não.

MATERIAL:
Sangue total

MÉTODO:
Hemaglutinação

VALORES DE REFERÊNCIA:
Negativo

APLICAÇÕES CLÍNICAS:
Utilizado na investigação de processos hemolíticos; detecção de anticorpos "ditos" incompletos aderidos à superfície das hemácias como também como também, nas incompatibilidades ABO/Rh.
Este exame é extremamente útil na determinação da presença de eritroblastose fetal em recém-natos de mães coombs indireto reagentes.