Faculdade de Ciências
Farmacêuticas de Ribeirão Preto

Universidade de São Paulo

IDIOMAS: | INTRANET

Pesquisadores e Linhas de Pesquisas

PESQUISADOR RESPONSÁVEL

 

SUELY VILELA SAMPAIO

Linha de Pesquisa: Isolamento e Caracterização funcional e estrutural de proteinas e peptídeos biológicamente ativos de venenos animais.

Objetivo: Isolar os principais componentes tóxicos presentes nos venenos animais; Investigar as características químicas (peso molecular, composição em aminoácidos, sequenciamento amino-terminal, ponto isoelétrico e outras.), biológicas (DL50, efeito sobre: pressão arterial de rato, canal deferente de cobaia e potencial de ação do nervo vago de coelho, atividades coagulante e anticoagulante, agregação plaquetária e outras) e estrutural (modelagem molecular, cristalografia e outras) de seus componentes; Investigar o potencial biotecnológico dos venenos e seus componentes.

 

PESQUISADORES PRINCIPAIS

 

ANTONIO CARDOZO DOS SANTOS

Linha de Pesquisa: Estudos em fármaco/toxicodinâmica: a mitocôndria como alvo terapêutico.

Objetivo: Avaliar a atividade citotóxica,citoprotetora e de indução da diferenciação celular de substâncias naturais ou sintéticas com a finalidade de avaliar o potencial farmacológico ou citotóxico durante o processo de desenvolvimento de novos fármacos ou de novas aplicações de fármacos já conhecidos. A abordagem experimental da citoproteção/citotoxicidade é centrada no metabolismo energético, estado redox celular e indução e/ou inibição da apoptose. No caso da diferenciação celular, avalia-se a capacidade da substância em promover a inibição e/ou estimulação da síntese de proteínas, ou de alterações morfológicas das células, tais como formação de estruturas que lembram axônios, peroxissomas, etc.

 

ELIANE CANDIANI ARANTES

Linha de Pesquisa: Estudo de venenos animais: isolamento, caracterização bioquímica e mecanismos de ação de toxinas

Objetivo: Purificação de compostos biologicamente ativos presentes em peçonhas de escorpião e serpentes e veneno de sapo, por métodos cromatográficos. Caracterização química e biológica das toxinas isoladas pela determinação do peso molecular, ponto isoelétrico, composição em aminoácidos, sequenciamento amino-terminal, ensaios enzimáticos (proteases, hialuronidase e L-aminoácido oxidases) e avaliação de suas ações sobre o sistema complemento, canais iônicos e/ou processo inflamatório.

MARIA CRISTINA NONATO COSTA

Linha de Pesquisa: Cristalografia de Proteínas

Objetivo: Aplicação do uso de ferramentas de biologia estrutural para a caracterização estrutural, biofísica e cinética de toxinas de serpentes. Essa abordagem híbrida para a realização de estudos de correlação entre estrutura e função utiliza-se de ferramentas como espalhamento dinâmico de luz, termofluor, espectrofotometria diferencial, cinética enzimática no estado estacionário e pré-estacionário e difração de raios-X em monocristais, dentre outras.

 

 

PESQUISADORES ASSOCIADOS

 

BENEDITO BARRAVIERA

Linha de Pesquisa: Caracterização bioquímica, farmacológica e enzimática de toxinas animais e vegetais.

Objetivo: As agências mundiais de fomento à pesquisa, bem como os editores de periódicos científicos estão cada vez mais exigindo que os pesquisadores de maneira geral utilizem toxinas com a devida certificação de qualidade e procedência. Isto tem exigido maior conhecimento e qualidade desta matéria-prima que é a base de inúmeros estudos desenvolvidos na Toxinologia. Neste contexto, o Centro de Estudos de Venenos e Animais Peçonhentos da UNESP CEVAP tem por um dos seus objetivos fins o estudo bioquímico, farmacológico e enzimático das toxinas animais e vegetais, seus produtos e derivados, para que estas tenham qualidade adequada quando empregadas em pesquisas clínica e experimental. Para alcançar estes objetivos, técnicas sofisticadas tais como, cromatografia liquida, eletroforese bidimensional, digestão enzimática, espectrometria de massas e ferramentas de bioinformática proteômica são utilizadas como parte da estratégia para se obter maior compreensão dos mecanismos de ação dessas toxinas, além de auxiliar no desenvolvimento de testes diagnósticos para doenças e/ou desenvolver produtos biotecnológicos com potencial emprego na saúde pública.


CARLOS HENRIQUE TOMICH DE PAULA DA SILVA

Linha de Pesquisa: Modelagem Molecular e QSAR no Planejamento de Substâncias Bioativas.

Objetivo: Utilização de diversas metodologias de Modelagem Molecular e QSAR e estratégias de Química Medicinal para o planejamento e avaliação biológica de candidatos a fármacos de interesse em Doença de Alzheimer, Câncer e doenças inflamatórias.

 

CATARINA DE FÁTIMA PEREIRA TEIXEIRA

Linha de Pesquisa: Farmacologia da Inflamação / Toxinologia

Objetivo: A pesquisa tem por objetivos caracterizar e estudar os mecanismos dos efeitos pró-inflamatórios ou anti-inflamatórios de toxinas e venenos animais, a partir de modelos experimentais in vivo, ex vivo e in vitro.

 

FABIANI GAI FRANTZ

Linha de Pesquisa: Mecanismos celulares e moleculares da resposta imune inata contra patógenos ou estímulos inflamatórios e sua correlação com mudanças epigenéticas

Objetivo: No Laboratório de Imunologia e Epigenética investigamos mecanismos celulares e moleculares envolvidos na resposta imune inata contra patógenos ou estímulos inflamatórios que estão sob controle de alterações epigenéticas. O laboratório está bastante interessado em contribuir com o entendimento da fisiopatologia das doenças infecciosas e inflamatórias por meio da caracterização funcional e fenotípica de células Natural Killer, monócitos, macrófagos e neutrófilos. Desta forma, investigamos aspectos funcionais das células do sistema imune inato nas diferentes apresentações clínicas da tuberculose, na infecção pelo HIV e também estimuladas por toxinas de serpentes.    

 

FABÍOLA ATTIÉ DE CASTRO

Linhas de Pesquisa: Estudo do potencial anti-tumoral das Toxinas de Serpentes em células Bcr-Abl positivas e JAK2 mutadas em neoplasias mieloproliferativas.

Objetivo: As Neoplasias Mieloproliferativas (MPN), Policitemia Vera (PV), Trombocitemia Essencial (TE), Mielofibrose Primária (MF) e leucemia mieloide crônica são desordens hematológicas resultantes da expansão clonal da célula tronco hematopoética. Essas doenças caracterizam-se por apresentarem progenitores hematopoéticos independentes ou hipersensíveis a numerosas citocinas associadas à diferenciação e proliferação celular.

A presença da mutação JAK V617F parece ser importante para o estabelecimento da PV, contudo ela explica parcialmente a mieloproliferação e o mieloacúmulo presente na TE e MF. Como apenas cerca de 50% dos pacientes com TE e MF apresentam a JAK2 V617F e nos pacientes com LMC a molécula responsável pela patogênese e a Bcr-Abl. Essas alterações conduzem a mirloproliferação e resistência a apoptose.

Apesar do progresso nos estudos dos mecanismos celulares e moleculares que participam da patogênese dessas neoplasias, esses processos não foram totalmente desvendados e, raros marcadores de diagnóstico e prognóstico foram descritos. Além disso, não há terapia curativa para os pacientes com MPN.

           Assim sendo, novos fármacos devem ser investigados para melhorar o tratamento da LMC, PV, TE e MF. O objetivo dessa linha de pesquisa e identificar os efeitos anti-tumorais das L-aminoácido oxidases isoladas de serpentes nas células Bcr-Abl positivas e JAK2 mutadas. Os dados obtidos do desenvolvimento desse estudo poderão contribuir para a descrição de novos fármacos com potenciais efeitos contra células Bcr-Abl positivas e JAK2 mutadas em pacientes com LMC, PV, TE e MF. 


HAMILTON CABRAL

Linha de Pesquisa: Cinética Enzimática

Objetivo: Determinação dos parâmetros cinéticos (Vmax, Km, kcat/Km) frente a diversos substratos determinando assim a especificidade de algumas enzimas pelos substratos.

JOSÉ CÉSAR ROSA

Linha de Pesquisa: Caracterização estrutural de proteínas e carboidratos

Objetivo:

 

LUCIANA SIMON PEREIRA CROTT

Linha de Pesquisa:1)  Sistema Complemento e modulação da resposta imune; 2) Produtos Naturais: imunomodulação e imunotoxicologia - Implicações em doenças humanas e modelos experimentais

Objetivo: Sistema Complemento e modulação da resposta imune; Interação de microrganismos com o sistema complemento; Produtos Naturais: imunomodulação e imunotoxicologia; Padronização de métodos imunológicos e moleculares para aplicação em diagnóstico e pesquisa.

 

LUCILENE DELAZARI DOS SANTOS

Linhas de Pesquisa:

Objetivo:

 

LUSÂNIA MARIA GREGGI ANTUNES

Linhas de Pesquisa:  Nutrigenômica

Objetivo: O objetivo da nossa pesquisa é a identificação de compostos bioativos da dieta e seu papel na promoção da saúde. A principal ênfase é para as interações gene-dieta por meio da análise da estabilidade do DNA (genotoxicidade e mutagenicidade), epigenética e regulação da expressão gênica em modelos experimentais in vivo e in vitro. Ainda, nós investigados os efeitos da ingestão não balanceada de nutrientes (doadores de metil) em roedores, modificações genéticas (danos cromossômicos e no DNA) e parâmetros epigenéticos (metilação do DNA e modulação da expressão gênica) em linhagens de células humanas in vitro. Recentemente, nós estamos introduzindo métodos alternativos in vitro, tais como o uso de esferoides tumorais multicelulares e cocultura de diferentes linhagens celulares, com a proposta de redução do uso de animais em experimentos científicos.

 

LÚCIA HELENA FACCIOLI

Linhas de Pesquisa: Produtos naturais com atividade anti-inflamatória

Objetivo: Objetiva estudar a atividade antiinflamatória de produtos naturais.

 

MARIA REGINA TORQUETI

Linhas de Pesquisa: Atividade Anti-tumoral de Fitoestrógenos e Toxinas Animais

Objetivo: Nesta linha de pesquisa enfocamos medicamentos naturais e/ ou toxinas animais frente a diferentes culturas de células de câncer mamário estrógeno-dependente ou não. Estas pesquisas visam a descoberta de novos insumos farmacêuticos no combate ao Câncer de Mama, morbidade que acomete a mulher quer seja na fase reprodutiva ou fora dela. 

 

RUI SEABRA FERREIRA JUNIOR

Linha de Pesquisa: Caracterização bioquímica, farmacológica e enzimática de toxinas animais e vegetais

Objetivo: As agências mundiais de fomento à pesquisa, bem como os editores de periódicos científicos estão cada vez mais exigindo que os pesquisadores de maneira geral utilizem toxinas com a devida certificação de qualidade e procedência. Isto tem exigido maior conhecimento e qualidade desta matéria-prima que é a base de inúmeros estudos desenvolvidos na Toxinologia. Neste contexto, o Centro de Estudos de Venenos e Animais Peçonhentos da UNESP CEVAP tem por um dos seus objetivos fins o estudo bioquímico, farmacológico e enzimático das toxinas animais e vegetais, seus produtos e derivados, para que estas tenham qualidade adequada quando empregadas em pesquisas clínica e experimental. Para alcançar estes objetivos, técnicas sofisticadas tais como, cromatografia liquida, eletroforese bidimensional, digestão enzimática, espectrometria de massas e ferramentas de bioinformática proteômica são utilizadas como parte da estratégia para se obter maior compreensão dos mecanismos de ação dessas toxinas, além de auxiliar no desenvolvimento de testes diagnósticos para doenças e/ou desenvolver produtos biotecnológicos com potencial emprego na saúde pública.

 

SERGIO AKIRA UYEMURA

Linha de Pesquisa: Estudos bioquímicos e moleculares da função mitocondrial em processos fisiológicos, patológicos ou toxicológicos.

Objetivo: Avaliar em modelos de células de mamíferos e microrganismos, as implicações energéticas, em nível de fosforilação oxidativa mitocondrial nos diferentes níveis da cadeia respiratória, do gradiente eletroquímico de prótons, da FoF1-ATPase e do estresse oxidativo resultante da geração de espécies reativas de oxigênio.